Ipetshop
Take a fresh look at your lifestyle.

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata? – Veja em números!

0

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata.

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata? Quando adotamos um cão de rua damos a ele a oportunidade de ser feliz, de estar com uma família que o amará por todos os anos em que estiver ao nosso lado.

Mas sabemos que a expectativa de vida desse animal é muito menor do que a dos humanos, e é exatamente por isso que nos preocupamos – ou devemos estar interessados – em fazer o que pudermos para mantê-lo saudável e ter motivos para sorrir.

Ficamos muito apegados a ele, tanto que a própria ideia de perdê-lo é muito dolorosa. Portanto, se soubermos com antecedência quanto tempo vive um cachorro vira-lata, o momento da despedida pode ser um pouco mais fácil (o mais simples possível).

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata?

O cão sem raça definida, também conhecido como vira-lata, é um animal que devido à sua natureza genética costuma ter uma expectativa de vida maior do que a de outra raça. Por quê?

Porque quanto maior for à variabilidade genética, mais forte será o seu sistema imunológico. Já no caso de animais de raça, após algumas gerações é normal que surjam complicações durante o parto ou que os cachorros nasçam com alguns problemas (malformações, doença grave ou morte prematura).

Além disso, se levarmos em conta que o tamanho também afeta a expectativa de vida, descobriremos que os cães pequenos sem raça definida podem viver 25 ou até 30 anos, mas os cães grandes aos 15 anos de idade geralmente se preparam para se despedir.

Algo pode ser feito para estender a expectativa de vida?

Bem, você não pode “brincar” com a natureza genética. Quer dizer, se o vira-lata viver apenas 15, 20 ou 25 anos, os humanos não serão capazes de alongar muito mais sua vida.

O que podemos – e de fato devemos – fazer é algo tão simples quanto isso, fornecendo toda a atenção de que o animal precisa desde o primeiro dia em chega em nossas casas. Isso significa o seguinte:

Forneça uma dieta de qualidade

Já sabemos quanto tempo vive um cachorro vira-lata, e isso pode ser “melhorado”, através de uma boa alimentação. É uma das coisas mais importantes. Nós somos o que comemos, até mesmo os cães.

Se quisermos dar ração, precisamos ler os rótulos dos ingredientes e descartar aqueles que contêm conservantes. Por quê? Pela simples razão de que o cão não deve consumi-los.

Brinque com ele todos os dias

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata

Para que ele seja feliz e, aliás, tenha uma saúde muscular e óssea melhor, temos que brincar com ele todos os dias. Cerca de três sessões de 15-20 minutos por dia irão ajudá-lo a se sentir bem.

Durante esse tempo, devemos aproveitar esta oportunidade para fortalecer ainda mais nossa amizade, conversando com ele em um tom de voz alegre e lhe oferecendo guloseimas ou outros tipos de recompensa de vez em quando.

Leve ao veterinário sempre que necessário

Quanto tempo vive um cachorro vira-lata? Com certeza bem mais se o mesmo obtiver um bom cuidado de sua saúde. Um cão pode ficar doente mais de uma vez na vida através de resfriados e gripes, aliás, isso pode acontecer várias vezes em um só ano.

Sempre que suspeitarmos que ele não está se sentindo bem, ou seja, que parou de comer ou que algo está ruim, é muito importante que o levemos ao veterinário para examiná-lo e dar o tratamento que precisa.

Dessa forma, ele se recuperará rapidamente. Além disso, não se esqueça de que os cães devem realizar toda a extensão de vacinas obrigatórias, já que as mesmas garantem a segurança em relação a muitas doenças comuns.

Dê amor ao seu cão

Se queremos que ele tenha uma vida boa, devemos amá-lo e respeitá-lo. Precisamos entender sua linguagem corporal para nos comunicarmos melhor com ele e fazermos o que estiver ao nosso alcance para que se sinta parte da família.

Levá-lo a um adestrado para cães também é uma ótima opção, pois dessa forma o comportamento canino ficará mais controlado, tornando-o mais obediente e calmo, mesmo em situações de medo.

Atividade física regular

Quando falamos que a brincadeira é essencial no cotidiano do cão, é necessário lembrar que a atividade física do cão também é essencial, isso porque muitas vezes uma simples brincadeira pode não estimulá-lo da forma correta.

Busque por boas atividades que estimulem a estrutura óssea e muscular do seu cão, além de que em casos de obesidade, busca ajuda de um profissional pode ajudar o seu cão a emagrecer.

Você já sabe quanto tempo vive um cachorro vira-lata, mas lembre-se de que em caos de cães obesos, essa expectativa pode ser diminuída em até 3 vezes, devido a possíveis doenças que podem ser causadas pelo excesso de peso, principalmente aquelas relacionadas a problemas cardíacos.

Condições onde fica alojado

O seu cão passa muito frio durante a noite? Ou então passa muito calor nos meses mais quentes do verão? Estamos falando de períodos extremos, onde a temperatura fica abaixo de 10ºC ou acima de 27ºC.

Nesses casos específicos, principalmente no caso de temperaturas mais baixas, é de extrema importância que seu cão fique em um lugar bem aconchegante, pois ficar exposto a baixas temperaturas por muito tempo, e sendo repetido por vários anos, pode diminuir a sua expectativa de vida.

No caso do verão, fazer com que o cão tome mais água pode ajudar, além de fornecer um local com sombra para que o mesmo fique alojado.

Adestre o seu cão

Conforme já mencionamos anteriormente, adestrar o seu cão é de suma importância para que o seu psicológico esteja bem alinhado, principalmente no caso de cães que já foram maltratados por donos anteriores.

Dizemos isso porque, geralmente, cães que sofrem de ansiedade ou sofrem medo constante devido a problemas antigos, possuem uma expectativa de vida bem menor em relação a cães “tranquilos”.

Adestre o seu amigo de 4 patas e auxilie o mesmo a se tornar mais tranquilo no seu próprio cotidiano. Gostou das nossas dicas? Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.