Ipetshop
Take a fresh look at your lifestyle.

É Perigoso deixar o gato na rua, ir ao ar livre?

0 8
Gato na rua
Gato na rua

Gato na rua, que não vive no interior da residência, tem um tempo de vida menor.  Ou seja, gatos dentro de casa, que não tem contato com a rua podem viver mais tempo, pois assim encontra menos perigos”.

Perigos gerais do gato na rua 

  • Perigos da maldade de pessoas desconhecidas.
  • Como faço meu gato concordar de ficar sempre em casa?
  • É relativamente fácil manter um cachorro seguro dentro do seu quintal… mas e os gatos, como fazer?
  • Aqui estão apenas algumas razões a considerar fortemente para não deixar seu gato na rua, e sim sempre mantê-lo dentro de casa.

Perigos desconhecidos do gato na rua

No momento em que seu gatinho vai a rua, é possível que ele vá muito longe de casa, sem ter seus tutores humanos por perto, garantindo a segurança dele, assim você não tem garantia de que seu animal está seguro. 

A pesquisa mostra que os gatos na rua têm uma expectativa de vida muito mais curta do que os gatos que vivem em ambientes fechados, porque encontram riscos que simplesmente não acontecem em casa. 

Alguns desses riscos incluem:

  1. Carros e tráfego, com atropelamento.
  2. Contato com outros gatos que podem ter doenças ou parasitas e transmitir algum problema ao seu animal de estimação.  Ou seja, gatos na rua tem mais doenças.
  3. Outros animais maiores que podem machucá-los, como cachorro, que é o mais comum.
  4. Venenos, anticoagulante ou outras substâncias tóxicas, que seu gato pode ter contato e consumir.
  5. Quanto ao instinto animal do gato em ser independente e ter um território próprio dele, não se preocupe com isso.

Gatos gostam de ter seu próprio território sim; mas são criaturas relativamente pequenas, por isso mesmo um estúdio é um “território” relativamente grande para eles. 

Para um gato, “território” pode significar simplesmente “a sala de estar” ou “o poste de arranhar“.

gato_na_mesa
Gato na mesa

Ok, mas como faço meu gato concordar?

Se o seu gato já está acostumado a sair a rua, a transição para um estilo de vida interno, sempre em casa, pode exigir alguns ajustes.

Experimente um borrifo de água de um borrifador para desencorajar o gato a ficar pendurado na porta ou janela.  Espirre água nele sempre que ele estiver num local de acesso a rua.

Se seu gato chora para ser deixado do lado de fora, bloqueie a visão das janelas por um tempo até que seu gatinho se ajuste aos novos termos de convivência.

Lembre-se que é para o próprio bem do seu gato.  O gato na rua não colabora em nada para a qualidade de vida do seu animal.  Algumas atitudes fazem a diferença na saúde e no tempo de vida do seu gatinho de estimação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.